Como escolher embalagem para transporte rodoviário

30/ 07/ 2020

A escolha de uma embalagem para transporte rodoviário pode resultar no sucesso ou no fracasso da operação. Até porque, será ela a responsável por proteger o produto durante sua movimentação até que chegue ao consumidor final.

Por isso, quando se ressalta a importância de escolher bem a embalagem, é fundamental levar em conta que durante o processo logístico, ela será carregada, armazenada em prateleiras, acomodada em pallets e nos diversos meios de transporte previstos no projeto da distribuição do produto.

Atualmente, é possível encontrar diversos tipos de embalagens, com formato, tamanho e composições diferentes. Mas com tantos tipos de embalagens logísticas à sua disposição, como saber qual você deve usar?

Para descobrir essa resposta, prossiga com a leitura!

Quais são as características da embalagem ideal?

Como já explicamos, a embalagem para transporte rodoviário tem a função de acondicionar, proteger, conservar, transportar e armazenar o produto

Por isso, não economize tempo ou dinheiro na hora de escolher. 

O produto tem mesmo que chegar intacto ao destino. Pois do contrário, o seu cliente, loja ou distribuidor, não vai aceitar embalagens amassadas e o produto danificado.

Evidentemente que a escolha de uma transportadora de confiança e com experiência no mercado reduz o risco de avarias na carga.

Mas para ser uma boa embalagem, podemos dizer que ela precisa reunir quatro competências: marketing, design, meio ambiente e logística:

  • Primeiramente, ser capaz de atrair e convencer o cliente acerca da qualidade e utilidade do produto e possuir um design condizente com o produto que apresenta;
  • seguir um padrão que não cause danos ao meio ambiente, sendo extremamente aconselhável que seja reciclável e contribua para um mundo mais sustentável;
  • ter características que facilitem sua movimentação e estocagem, para evitar avarias operacionais e perdas decorrentes da má operacionalidade e gestão.

Quais são os tipos de embalagens para transporte rodoviário?

Dentro da logística, a embalagem pode ser classificada em grupos. Conhecer o papel de cada um desses tipos facilita a escolha da embalagem para transporte rodoviario ideal para seus produtos.

Primária

Envolve diretamente o produto. É aquela que o cliente toca e que contém as informações sobre o item.

Podemos dizer, por exemplo, que o saco plástico de um açúcar que você vendeu se enquadraria como embalagem primária.

Secundária

Ela protege a primária. Na maioria das vezes, são embalagens maiores que usadas para armazenamento, transporte e manipulação manual.

No caso do açúcar citado acima, ela se equivale à caixa que acondiciona diversos pacotes de açúcar.

Terciária

A embalagem terciária tem como função agrupar diversas embalagens secundárias e prepará-las para o transporte.

Caixa de papelão, madeira ou plástico, são usadas no armazenamento, na movimentação manual e no transporte, pois agrupa um número maior de itens. 

Quaternária

Facilita o armazenamento e a movimentação ou até mesmo a transposição de um lugar a outro.

Quinto nível

Embalagem especial usada para armazenamento ou transporte em longas distâncias. Comum no transporte internacional de cargas e também com extensor de estoque.

Como escolher embalagem para transporte rodoviário?

Como você já viu, o transporte de cargas de maneira eficiente está associado à escolha da embalagem adequada para cada tipo de produto e meio de transporte utilizado na entrega para o cliente. 

A escolha é uma decisão estratégica que impacta diretamente nos resultados do setor. Por isso, tome cuidados e evite erros, pois podem trazer consequências financeiras para você.

Confira a seguir o que você deve observar ao escolher embalagem para transporte rodoviário.

1. Escolha a embalagem adequada para o produto

Existem mercadorias que vão exigir embalagens diferenciadas. Neste caso, você deve atentar às características de cada uma delas.

Por exemplo, no caso da embalagens para transporte rodoviário de alimentos e medicamentos, é preciso assegurar que, além de uma boa apresentação, elas sejam práticas, resistentes e protejam a saúde do consumidor.

2.Aposte em embalagens que ajudam o meio ambiente

Qual é o impacto ambiental que será causado pelo material escolhido? Essa é uma questão importante a ser pensada no momento de escolher embalagens para transporte rodoviário.

Afinal, cada vez mais nos preocupamos com o desenvolvimento sustentável e a preservação do ambiente, sendo necessário que cada empresa conheça o seu papel no processo de proteção.

3.Os custos das embalagens também são importantes

É essencial analisar as opções de embalagens disponíveis para que se possa comparar o custo e o benefício de cada uma delas.

Afinal, se você optar por uma embalagem mais cara, pode ser necessário repassar algum ao cliente, ocasionando o aumento do preço do produto.

4. Verifique se o tamanho do volume está compatível com o seu produto

A dimensão das mercadorias interfere diretamente no valor do frete. Portanto, ao acondicionar uma mercadoria pequena, em um volume muito grande, o valor a ser pago no transporte poderá ser mais elevado do que o necessário.

Fique atento!

Cuidados ao embalar uma mercadoria

Além da escolha da embalagem correta, você também deve ter atenção no momento de embalar o produto. 

Para facilitar esse processo, é só você seguir as dicas abaixo. Confira:

  • As mercadorias transportadas devem ter peso e dimensões compatíveis com os veículos da transportadora escolhida para realizar o frete;
  • Certifique-se de que a embalagem esteja etiquetada com identificação do remetente (nome – local), destinatário (nome – local), Nº de Nota Fiscal ou Nº de Pedido e informações adicionais como fragilidades das mercadorias;
  • Certifique-se de que a embalagem contenha informações sobre a posição adequada para acomodar o volume e sobre o fator de empilhamento (se o volume pode ser empilhado e qual deve ser o limite de volumes por pilha);
  • Utilizando embalagens convencionais, o peso máximo por volume não deve passar de 150 kg, caso algum volume ultrapasse esse peso deve ser embalado em caixa ou engradado de madeira.

Agora você sabe que a embalagem para transporte é parte fundamental para o sucesso da logística e do transporte de cargas, aliado, logicamente, à contratação de uma transportadora de confiança.

Para saber mais sobre  embalagem para transporte rodoviário e outras boas práticas de transporte de carga, visite nosso blog!

Leia Também


Serviços on-line Picorelli: conheça quais são e os benefícios

A tecnologia mudou a vida de todos. Antes, havia a necessidade de sair de casa para contratar algum serviço específico. Agora, com a internet, conseguimos flexibilidade e autonomia para negociar de qualquer lugar, além, claro, ganhar tempo.

A Picorelli Transportes também é digital e proporciona tudo isso! Nossos serviços on-line servem para facilitar a vida dos nossos clientes, oferecendo opções importantes de rápido acesso. Confira!

Rastreamento on-line

O rastreamento on-line e o monitoramento de cargas compartilham a localização da carga e, com isso, possibilitam o acompanhamento de sua entrega em tempo real.

Coleta on-line

Facilitamos o agendamento da sua coleta. Na data e no horário agendados, a mercadoria deve estar disponível, a fim de garantirmos um processo com maior rapidez e comodidade.

Cotação on-line

Disponibilizamos um formulário para você preencher com tudo sobre a sua entrega (percurso, dados da empresa e informação da carga) e receber a cotação de preços no seu e-mail.

É fácil, prático e está na palma da mão. Clique aqui para saber mais e surpreenda-se com a alta qualidade, agilidade e segurança da Picorelli Transportes. Conte conosco!

Você sabe o que é e qual é a importância do DACTE?

No setor do transporte, para o sucesso de uma operação, estar com documentos fiscais atualizados e organizados é essencial. Nesse cenário, entra o DACTE, sigla para Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico. Você sabe como e por que ele é exigido nas estradas brasileiras?

Esse é o assunto da nossa conversa por aqui. Vamos explicar o papel do documento e como a Picorelli Transportes atua para não só cumprir as regulamentações, mas também aprimorar os serviços a cada jornada.

O papel do DACTE

Existe um documento eletrônico, chamado CT-e, que toda empresa de transporte precisa emitir. Ele tem como principal objetivo registrar a prestação do serviço. Porém o CT-e é um registro digital, sempre emitido e armazenado eletronicamente.

Portanto, para acompanhar a carga, é enviado um documento impresso: nosso Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico, o DACTE. Ele é uma representação física e simplificada do CT-e, que facilita a consulta do documento por meio de código de barras.

Consequentemente, o DACTE tem um papel muito importante no transporte de cargas e facilita o trabalho da transportadora e do agente fiscalizador. Assim, de maneira resumida, podemos apontar três finalidades essenciais:

  • Carrega a chave de acesso para consulta ao CT-e;
  • Acompanha a mercadoria transportada e fornece informações básicas sobre o transporte, como o emitente, o destinatário e o valor da carga;
  • Auxilia a escrituração da atividade de transporte.

O que o documento precisa ter?

O DACTE é impresso pelos contribuintes emitentes de CT-e. As responsáveis, então, são as próprias transportadoras que devem emiti-lo e entregá-lo ao encarregado pelo transporte. A impressão deve ocorrer, inclusive, antes do início da prestação do serviço. Afinal, o documento deve acompanhar a carga durante toda a viagem.

Nele, uma lista de itens precisa estar disponível para cumprir o papel de:

  1. Disponibilizar a chave numérica com 44 posições para consulta das informações do Conhecimento de Transporte Eletrônico;
  2. Relacionar a mercadoria em trânsito, fornecendo informações básicas sobre a prestação em curso;
  3. Ajudar na escrituração das operações documentadas por CT-e.

Gostou do conteúdo? Em nosso blog, você acompanha outras notícias do setor e diversas temáticas sobre nossa atuação. Clique aqui para saber mais.

Dia do Meio Ambiente: boas práticas no transporte de cargas

Promover a sustentabilidade e o equilíbrio ambiental tem se tornado cada vez mais essencial. As mudanças climáticas têm provocado grandes impactos, e toda a sociedade deve agir para contribuir com o futuro do planeta. E, no setor de transporte de cargas, a Picorelli tem feito a sua parte!

Aproveitamos as comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado anualmente em 5 de junho, para reforçarmos a importância do desenvolvimento sustentável.

O surgimento do Dia Mundial do Meio Ambiente

O Dia Mundial do Meio Ambiente foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), na Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano de 1972, em Estocolmo.

A Conferência de Estocolmo, como ficou conhecida, deu início a uma nova forma de enxergar as questões ambientais, além de estabelecer diretrizes para a política ambiental em todo o mundo.

As ações que fazem a diferença no meio ambiente

Diminuir os impactos ambientais em nosso planeta exige mais do que planos, mas práticas concretas que ajudem na sua preservação.

Conter a poluição atmosférica, otimizar os recursos naturais e promover a eficiência energética são algumas das ações essenciais para chegarmos mais longe na missão de criarmos um mundo mais sustentável.

E aqui, na Picorelli Transportes, assumimos o compromisso de realizar serviços de transporte de cargas com qualidade e responsabilidade ambiental.

Picorelli: referência em boas práticas ambientais

Na Picorelli, temos como ponto fundamental de nossos negócios o alinhamento entre a tecnologia, a segurança e o meio ambiente.

Somos especializados em serviços com cargas fracionadas e lotação seca, tendo como princípio a qualidade e a eficiência. 

Por isso, temos nos destacado como uma das principais empresas sustentáveis do setor de transportes, contribuindo com a melhoria da qualidade do ar e com o uso racional de combustíveis.

Por meio dessas boas práticas, recebemos por quatro anos consecutivos a premiação na Categoria Ouro no Melhor Ar (2018, 2019, 2020 e 2021), organizada pela Federação de Empresas de Transporte de Cargas de Minas Gerais (Fetcemg), em parceria com o programa Despoluir, desenvolvido pela Confederação Nacional de Transporte (CNT).

E não paramos por aí! Seguimos nos desenvolvendo e trilhando o nosso caminho para transportar com ainda mais qualidade, tecnologia e sustentabilidade.

Para saber mais sobre os nossos serviços, entre em contato conosco!



2022 Picorelli Transportes. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a autorização escrita da Picorelli Transportes.