Notícia

Frete e transporte de pequenas cargas: vale a pena pagar?

A gestão de frete e transporte de pequenas cargas tem sido um problema para sua empresa?

 

Talvez seja o momento de contratar uma transportadora para executar esse serviço para você.

 

É claro que escolher uma empresa parceira  para te ajudar neste período pode se tornar uma tarefa complexa, já que você precisará se atentar a diversos aspectos para tomar a decisão certa.

 

Ainda mais em um país como o Brasil, que possui diversas empresas atuando neste segmento, encontrar a que mais se adequa às suas necessidades pode exigir muita atenção e pesquisa.

 

Pensando nisso, preparamos esse post para te auxiliar a encontrar as melhores soluções para gerir o serviço de fretes da sua empresa.

 

Acompanhe!

 

 

Frete e transporte de pequenas cargas: vale a pena pagar por isso?

É bem provável que durante o processo que te trouxe até aqui, você deve ter se questionado sobre se é válido ou não contratar uma empresa para cuidar do frete e transporte de pequenas cargas do seu negócio.

 

Vamos ser diretos com você: com certeza!

 

Atualmente existem opções informais que estão realizando esse serviço por aí.

 

Provavelmente você vai encontrá-las com preços mais baixos e atrativos.

 

No entanto, você já ouviu aquela história de que ‘o barato sai caro’, né?

 

E é justamente o que pode acontecer. Decidir por essa modalidade pode gerar transtornos.

 

Muitas são as preocupações com empresas e profissionais informais, por exemplo:

 

  • Em geral não possuem seguro;
  • Não são profissionais treinados e capacitados;
  • Não possuem gerenciamento de risco;
  • Não realizam rastreamento de suas cargas;
  • Não possuem documentos e muitas vezes sequer a habilitação legal para exercer a atividade.

 

Só o que listamos já é o suficiente para evitar este tipo de solução.

 

No entanto, ao contratar uma transportadora de confiança, que possui experiência no assunto, você estará tendo acesso a:

 

  • Transporte com as devidas documentações;
  • Segurança;
  • Agilidade e velocidade nas entregas
  • Rastreabilidade;
  • Mais confiança nos seus serviços.

 

Está vendo a diferença?

 

Mas qual é a solução ideal para minha empresa?

Quando o assunto é transporte de cargas, sobretudo, de cargas pequenas, o frete fracionado surge como uma das modalidades de entrega que mais tem se destacado nos últimos anos.

 

Esse modelo é compatível com empresas de todos os portes, inclusive, possibilita que os negócios aumentem suas vendas e entreguem as encomendas com rapidez e segurança.

 

Para que você compreenda como essa modalidade funciona, podemos dizer que o frete fracionado acontece quando diversas empresas compartilham o mesmo veículo para enviar suas mercadorias.

 

Nesse caso, os custos do frete também são divididos entre elas, deixando a operação bem mais em conta.

 

Portanto, se você tem uma loja de roupas e um de seus clientes faz um pedido de apenas uma camisa, o frete fracionado será a modalidade de entrega com melhor custo-benefício.

 

Além do fato de que a transportadora cuidará de todo o processo até a chegada da mercadoria ao destino final, o que já facilita muito o seu trabalho, o fracionamento também traz outras vantagens, como:

 

  • Segurança nos processos de transporte;
  • Prazo de entrega;
  • Otimização do estoque da empresa.

 

 

Mas como o transporte de uma carga pequena é calculado nessa modalidade?

Algumas variáveis precisam ser levadas em conta na hora de calcular o valor do frete e transporte de pequenas cargas.

 

São elas:

 

Distância a ser percorrida

 

distância percorrida pelo produto até chegar nas mãos do comprador é um dos primeiros requisitos na hora de precificar o frete e transporte de pequenas cargas.

 

Por exemplo, se você instruiu a transportadora a retirar uma encomenda na cidade de Petrópolis e quer encaminhar para Contagem, pagará uma determinada quantia.

 

Caso você mude o destino do produto e selecione, por exemplo, Porto Alegre, é bem provável que o valor do frete será maior.

 

Dessa forma, quanto maior a distância a ser percorrida, maior o valor do frete.

 

Peso da mercadoria e dimensão

 

peso do produto é outro fator que influencia no custo do frete, afinal, esse item afeta diretamente a quantidade de carga que poderá ser transportada em uma única viagem, assim como o espaço que ela ocupa. 

 

Por exemplo, um pacote de algodão é extremamente leve, porém ocupa um grande espaço.

 

Resumindo, pacotes mais pesados ou volumosos têm um valor de frete superior aos mais leves e pequenos.

 

Valor do produto

 

valor do produto transportado também pode influenciar o custo final do frete e transporte de pequenas cargas.

 

Isso acontece porque a maioria das empresas cobra uma porcentagem sobre o valor da nota fiscal, que é conhecida como taxa de gerenciamento de riscos.

 

Um produto de valor elevado, por exemplo, necessitará de maiores cuidados e estratégias de prevenção para impedir avarias e extravios.

 

Dessa forma, cargas com alto valor costumam ter um frete mais caro do que produtos simples e mais baratos.

 

Prazo de entrega

 

prazo de entrega combinado antes do seu cliente fechar a compra também será levado em conta na hora de calcular o valor do frete.

 

Quanto maior a urgência em se entregar determinada mercadoria, haverá aumento no valor do frete, pois será necessária uma logística que a priorize em relação aos demais pacotes.

 

Custo da operação

 

Garantir o funcionamento perfeito do transporte fracionado de cargas exige esforço e investimento por parte das transportadoras.

 

Esses valores são embutidos no valor do frete. No entanto, é importante lembrar que trata-se de uma taxa que visa melhorar o serviço de transporte prestado e, portanto, é revertido em benefícios para sua empresa.

 

Mais taxas

 

Além dos custos citados acima, existem outras taxas que são embutidas no valor final do frete fracionado, como pedágios e seguro de mercadorias.

 

Enquanto que o seguro, apesar de ser um valor a mais, é um grande benefício à empresa, já que confere ainda mais segurança à carga.

 

O mais importante é lembrar que todos esses custos elencados acima serão repartidos entre as empresas conforme a utilização de espaço no compartimento do veículo de transporte.

 

Viu só como é essencial investir em uma transportadora de confiança para te ajudar a gerir o frete e transporte de pequenas cargas?

 

Que tal aproveitar que você chegou até aqui e obter ajuda de uma das empresas que mais entende do assunto no país?

 

Peça um orçamento personalizado para nossa equipe!

 

Estamos preparados para atuar em conjunto com o seu negócio e, juntos, alcançarmos resultados ainda mais expressivos!