6 dicas para escolher o transporte de cargas ideal

04/ 09/ 2019

A contratação da logística de transporte de cargas é preciso ser feita com cuidado, visto que essa decisão pode acarretar uma imagem positiva para empresa, ou prejudicar todo o trabalho de anos de uma marca que busca excelência no seu ramo.

Portanto, o investimento em uma transportadora de confiança é essencial para que o seu negócio prospere e se estabeleça no mercado. Avaliar preços e prazos são importantes, mas muito mais que isso, você deve realizar os seguintes procedimentos para encontrar o transporte de cargas ideal.

6 dicas para escolher o transporte de cargas ideal

Faça pesquisas periódicas

Busque informações sobre as transportadoras no mercado e o que elas propõem. Explore sites e use a internet a seu favor. Veja se a empresa possui elogios, reclamações, críticas, se existem processos de segurança e se a mesma tem relação com os seus clientes para responder sobre dúvidas e questionamentos.

Conheça a frota

Verificar o estado de conservação e a manutenção da frota é de suma importância para um eficiente transporte de cargas. Se os veículos se encontram em estados mais novos, é possível que o serviço ofertado também abarque equipamentos em bom estado de uso para transportar sua carga de forma rápida e segura. Com esse tipo de postura, demonstra a preocupação com clientes e parceiros.

Descubra se elas possuem certificações

Os prêmios e certificações existem por um motivo: auxiliar as empresas para que elas escolham o melhor serviço e melhorem as suas logísticas. Então, quando fizer a lista de critérios para escolher a sua transportadora, verifique se existe certificações, e o que elas representam para a sua empresa, pois é um diferencial para a valorização da marca.

Procure opções para rastrear a carga

As ferramentas tecnológicas nos dias atuais são mais que um diferencial, são recursos imprescindíveis. Você deve se perguntar, que mecanismo a transportadora utiliza para rastrear a carga? É possível acompanhar pela internet? O cliente também possui esse acesso? Existe algum aplicativo ou central de atendimento para contato?

Esses meios transmitem confiabilidade, reduz índices de erros, extravios e mostra que a transportadora busca passar informações para que a execução das tarefas sejam assertivas.

Certifique-se

É importante verificar se a empresa possui seguro obrigatório e contra roubo. Além disso, deve analisar se a mesma cumpre com as exigências de seu gerenciamento de risco, para maior segurança de sua carga. Outro ponto a ser considerado é se a empresa se importa com a redução dos impactos causados ao meio ambiente. Confira se ela participa do programa Despoluir, destinando corretamente o óleo e pneus para empresas devidamente certificadas.

Divulgação de informações do mercado

O mercado de transportadoras é extenso e variado devido às inúmeras cargas transportadas. Logo, se a empresa tem o cuidado de informar as cotações, ofertas de transportes, e com uma periodicidade, você deve priorizar esta empresa. Isso mostra respeito às atividades e exigências do mercado. Além disso, ofertar as cotações permite elaborar estratégias e projeções de despesas.

Cada empresa possui um segmento, diante disso, estabeleça critérios para escolher aquela que te atenda nesses parâmetros traçados. Assim, sua busca estará de acordo com  o fit cultural da sua empresa e ganhará otimização no processo. Clique aqui e faça agora mesmo uma cotação online do seu transporte de cargas com a Picorelli Transportes.

Leia Também


O que é B2B?

As expressões B2B e B2C determinam o tipo de cliente para o qual um produto ou serviço é destinado. No caso do B2B (Business to Business), as transações são feitas entre duas empresas. Ou seja, uma empresa que presta serviço ou vende algo para outra. Já o B2C (Business to Commerce) a venda é feita para o consumidor final, tendo como objetivo apenas o consumo. 

Para o modelo B2B pode-se definir como um negócio de empresa para empresa, em que uma é o fornecedor e a outra é o cliente. O principal fator que difere o que é B2B do modelo B2C está justamente no tipo de cliente que adquire o produto ou serviço. A escolha entre B2B ou B2C é de extrema importância, pois determina ainda quais serão as estratégias adotadas para estabelecer um relacionamento com os clientes e aumentar as vendas. 

Quando se trata do transporte, podemos encontrar algumas diferenças para as empresas que trabalham com um tipo de modelo ou com o outro. 

  • Os transportes em B2B geralmente ocorrem levando-se em consideração um certo nível de “urgência” para atendimento aos clientes. Isto ocorre devido a possibilidade da entrega do pedido dentro do prazo ser um requisito para que a produção do cliente não seja interrompida por falta de materiais. A modalidade business to business possui uma tendência para pedidos maiores no formato de lotação. Porém, entende-se também que o transporte de cargas fracionadas para o B2B possa ser uma modalidade interessante para que as empresas facilitem os processos de entregas, ainda mais com cargas que não ocupam todo espaço do veículo. Isso facilitará o sistema de distribuição de suas mercadorias de modo a reduzir os seus respectivos custos e mantendo-se toda a qualidade e segurança necessária. Vale lembrar que uma das mais relevantes vantagens do transporte de cargas fracionadas refere-se aos custos dos fretes nessa modalidade, que por sua vez, costumam ser mais em conta dado que os mesmos são divididos entre os clientes que estão sendo atendidos, diminuindo assim, os custos das operações.
  • Os transportes em B2C trabalham, na maioria das vezes, com cargas de pequeno porte e em maior número. Este fato torna possível o aproveitamento da melhor forma a capacidade da frota, destinando mais de um veículo para a realização das entregas. Dessa forma, os fretes podem ser diferenciados em fracionados ou enquadrados na modalidade lotação, ambos buscando a forma mais eficaz para a otimização da operação. 

Devido a estas diferenças, não podemos definir um modelo de transporte “único” que seja o ideal para cada um destes dois tipos de atendimento. No caso dos modelos B2B, em cada tipo de negócio existem particularidades relacionadas ao tipo de produto, atendimento, demanda, especificações técnicas e necessidade de reposição que deverão ser levados em consideração no momento da opção do tipo de transporte. Por sua vez, o modelo B2C, apesar de ter uma tendência para atuação com modelos de transportes fracionados, também poderá optar por transportes via lotação de acordo com as especificações do transporte a ser realizado.

A Picorelli Transportes possui foco no atendimento ao mercado B2B. Se sua empresa precisa de prazo e comprometimento, veja nossas cidades atendidas pelo nosso site e entre em contato! 

Fonte:

BSOFT, Confira o que é o modelo de distribuição B2B e suas especificações; Disponível em: https://bsoft.com.br/blog/distribuicao-b2b/Acesso em 02 de maio de 2021



2021 Picorelli Transportes. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a autorização escrita da Picorelli Transportes.