Como realizar entregas de mercadorias durante a pandemia do coronavírus?

19/ 05/ 2020

Como realizar entregas de mercadorias durante a pandemia com segurança? É provável que esse seja o principal desafio das empresas de transporte em tempos de isolamento social, em que o contato direto entre pessoas deve ser evitado.

Com a crescente no comércio eletrônico, que registrou, em março, aumento de 42,31% em relação ao mesmo período do ano passado, fica cada vez mais evidente que é importante encontrar medidas para lidar com o aumento da demanda, e ainda proteger funcionários, entregadores e os clientes que vão receber as mercadorias.

Então, o que fazer na hora da entrega? Quais precauções tomar para evitar a propagação do vírus? Continue a leitura para saber isso e muito mais.

Acompanhe!

Qual a situação do transporte rodoviário em meio à pandemia de Covid-19?

Em virtude da fácil disseminação do novo coronavírus, diversos estados e municípios adotaram a quarentena, visando limitar a circulação de pessoas. 

Com isso, alguns estabelecimentos comerciais tiveram de ser fechados, sendo permitida a abertura apenas para os considerados essenciais para a subsistência, como as atividades médicas e de segurança, por exemplo. 

No fim de março, o presidente Jair Bolsonaro incluiu, por meio do decreto federal nº 10.282, o serviço de transporte de carga na categoria de atividade essencial.

Até porque, o fato de estarem impossibilitadas de irem às ruas faz com que as pessoas recorram ao comércio eletrônico para comprar comida, roupas, eletrodomésticos, o que certamente está gerando um aumento massivo no número de entregas a serem feitas no país.

Diante da alta demanda oriunda, principalmente, do setor e-commerce, ​o modal rodoviário, que já é o mais utilizado no país​, se torna ainda mais essencial, para que o abastecimento de mercadorias, bem como o de insumos indispensáveis no período, como alimentos, remédios e materiais hospitalares, seja suprido.

No entanto, para continuar a​ trabalhar com segurança nas entregas de mercadoria durante a pandemia​, muitos cuidados são necessários para evitar o contágio e preservar a saúde dos profissionais que estão na linha de frente para garantir o abastecimento de toda população. 

Quais são os cuidados a serem seguidos durante o transporte das mercadorias?

As medidas mais eficazes para garantir que o transporte de mercadorias em meio à pandemia seja feito de forma segura são as mesmas para qualquer ação que visa conter o vírus. 

Lavar as mãos com água e sabão ou higienizar com álcool 70% regularmente, evitar o contato físico e utilizar máscaras de proteção são fundamentais para evitar a contaminação. 

Além disso, caminhoneiros e transportadores devem seguir outras recomendações, como, por exemplo, desinfectar constantemente objetos e superfícies tocadas com frequências.

Outros cuidados recomendados são:

  • não cumprimente pessoas com apertos de mão, abraços ou beijos. Mantenha sempre um metro de distância;
  • cubra boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogue-o no lixo;
  • evite se apoiar ou tocar em lugares sem necessidade;
  • evite contato e não fique próximo de quem está tossindo;
  • higienize as mãos a cada 30 minutos ou sempre que tocar em algo;
  • sempre que der uma parada, lave bem as mãos com água e sabão. Esfregue bem entre os dedos e lave até os punhos;
  • após usar o banheiro, lave bem as mãos, use papel-toalha ou o cotovelo para tocar na maçaneta e abrir a porta;
  • higienize bem o volante, o câmbio, o freio de mão e o painel do caminhão;
  • se possível, utilize talheres e pratos descartáveis ou tenha seus próprios utensílios para fazer refeições na estrada;
  • nunca compartilhe suas toalhas, sejam elas de banho ou de rosto.

Como realizar entregas de mercadorias durante a pandemia do coronavírus?

Os órgãos sanitários já determinaram que o isolamento social é a maneira mais eficiente para combater o contágio. 

Pensando nisso, as empresas do setor de transporte estão ajustando a operação de entregas de mercadoria durante a pandemia, visando reduzir ao máximo o contato entre as pessoas.

Abaixo, listamos algumas práticas a serem adotadas pelos entregadores ao entregar um produto:

  • evite contato físico com o cliente;
  • mantenha, pelo menos, um metro de distância da outra pessoa;
  • evite levar a mão ao rosto entre uma entrega e outra.
  • sempre higienize as mãos antes e depois de realizar as entregas.
  • não compartilhe objetos pessoais. Oriente o cliente a assinar o recibo com a sua própria caneta;
  • lembre ao consumidor sobre a importância de limpar as embalagens antes de utilizar os produtos.

Gostou das dicas de entregas de mercadoria durante a pandemia? Veja como a Picorelli Transportes pode te ajudar neste momento. 

 

 

 

 

 

 

Leia Também


O que é B2B?

As expressões B2B e B2C determinam o tipo de cliente para o qual um produto ou serviço é destinado. No caso do B2B (Business to Business), as transações são feitas entre duas empresas. Ou seja, uma empresa que presta serviço ou vende algo para outra. Já o B2C (Business to Commerce) a venda é feita para o consumidor final, tendo como objetivo apenas o consumo. 

Para o modelo B2B pode-se definir como um negócio de empresa para empresa, em que uma é o fornecedor e a outra é o cliente. O principal fator que difere o que é B2B do modelo B2C está justamente no tipo de cliente que adquire o produto ou serviço. A escolha entre B2B ou B2C é de extrema importância, pois determina ainda quais serão as estratégias adotadas para estabelecer um relacionamento com os clientes e aumentar as vendas. 

Quando se trata do transporte, podemos encontrar algumas diferenças para as empresas que trabalham com um tipo de modelo ou com o outro. 

  • Os transportes em B2B geralmente ocorrem levando-se em consideração um certo nível de “urgência” para atendimento aos clientes. Isto ocorre devido a possibilidade da entrega do pedido dentro do prazo ser um requisito para que a produção do cliente não seja interrompida por falta de materiais. A modalidade business to business possui uma tendência para pedidos maiores no formato de lotação. Porém, entende-se também que o transporte de cargas fracionadas para o B2B possa ser uma modalidade interessante para que as empresas facilitem os processos de entregas, ainda mais com cargas que não ocupam todo espaço do veículo. Isso facilitará o sistema de distribuição de suas mercadorias de modo a reduzir os seus respectivos custos e mantendo-se toda a qualidade e segurança necessária. Vale lembrar que uma das mais relevantes vantagens do transporte de cargas fracionadas refere-se aos custos dos fretes nessa modalidade, que por sua vez, costumam ser mais em conta dado que os mesmos são divididos entre os clientes que estão sendo atendidos, diminuindo assim, os custos das operações.
  • Os transportes em B2C trabalham, na maioria das vezes, com cargas de pequeno porte e em maior número. Este fato torna possível o aproveitamento da melhor forma a capacidade da frota, destinando mais de um veículo para a realização das entregas. Dessa forma, os fretes podem ser diferenciados em fracionados ou enquadrados na modalidade lotação, ambos buscando a forma mais eficaz para a otimização da operação. 

Devido a estas diferenças, não podemos definir um modelo de transporte “único” que seja o ideal para cada um destes dois tipos de atendimento. No caso dos modelos B2B, em cada tipo de negócio existem particularidades relacionadas ao tipo de produto, atendimento, demanda, especificações técnicas e necessidade de reposição que deverão ser levados em consideração no momento da opção do tipo de transporte. Por sua vez, o modelo B2C, apesar de ter uma tendência para atuação com modelos de transportes fracionados, também poderá optar por transportes via lotação de acordo com as especificações do transporte a ser realizado.

A Picorelli Transportes possui foco no atendimento ao mercado B2B. Se sua empresa precisa de prazo e comprometimento, veja nossas cidades atendidas pelo nosso site e entre em contato! 

Fonte:

BSOFT, Confira o que é o modelo de distribuição B2B e suas especificações; Disponível em: https://bsoft.com.br/blog/distribuicao-b2b/Acesso em 02 de maio de 2021



2021 Picorelli Transportes. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a autorização escrita da Picorelli Transportes.