Gestão de Fornecedores

26/ 01/ 2021

A competitividade do mercado nos dias atuais vem fazendo com que empresas tenham que se capacitar cada vez mais, exigindo preço competitivo, prazos curtos e um alto nível de qualidade nos produtos e serviços prestados.

Para que o negócio seja rentável e lucrativo, é necessário que todos os processos sejam realizados de forma eficiente e organizada. Um dos fatores que podem ter impacto direto na qualidade do produto, bem como no seu prazo de produção e no custo, é o correto gerenciamento de fornecedores.

A busca por fornecedores parceiros é primordial, devendo-se atentar para relações que sejam sustentáveis, confiáveis, de qualidade e com um bom preço.

Isso tudo pode parecer algo bem complexo de ser realizado, porém, iremos abordar aqui algumas  estratégias e dicas para que a sua empresa comece a realizar uma melhor gestão de fornecedores, permitindo com que ela cresça sempre com qualidade.

Afinal, o que é gestão de fornecedores?

Para responder essa pergunta, primeiramente, precisamos entender o que é um fornecedor.

Todas as empresas, independentemente do ramo de atuação, necessitam de materiais e serviços de outras companhias para que você consiga exercer sua atividade. Ou seja: fornecedores são aquelas pessoas ou empresas responsáveis pelo abastecimento e fornecimento de algum produto ou serviço para a sua empresa.

Para que um negócio se desenvolva, é necessário que haja diversos produtos à disposição. Porém, se não houver um gerenciamento adequado, você pode acabar elevando seus custos de aquisição, o que pode gerar  problemas com a qualidade do produto adquirido, além de prazos que não extrapole a realidade da sua produção.

De nada adianta você possuir um fornecedor que não cumpre prazos ou que cobre muito mais caro do que os demais concorrentes. Por isso se dá a importância de planejar e acompanhar todos os serviços e insumos que serão de responsabilidade de terceiros.

Essa gestão tem como princípio traçar planos estratégicos para desenvolver fornecedores que possuam características compatíveis com a necessidade do seu negócio, abordando questões como prazo de entrega, preços, prazo de pagamento, qualidade do produto, dentre diversos outros fatores.

Como selecionar fornecedores?

Para que o andamento do seu negócio seja feito de forma harmoniosa, é necessário ter em mente o que a sua empresa espera do fornecedor. É importante que haja um procedimento constando os principais requisitos, para que a empresa fornecedora do serviço ou produto esteja apta para trabalhar alinhada aos princípios da sua empresa.

Dentre os principais pontos, os seguintes se destacam:

  • Preço
  • Qualidade
  • Prazo de entrega
  • Prazo de pagamento
  • Capacidade de atendimento da demanda
  • Licenças e documentações pertinentes

Uma  maneira de fazer com que os pontos sejam atendidos, é enviar questionários para seus fornecedores, no qual será possível obter as informações relevantes, além de questionários de avaliação, que permitirá  que eles  sejam avaliados, facilitando a percepção se estão ou não adequados aos parâmetros estabelecidos de fornecimento.

A importância da gestão de fornecedores

A gestão de fornecedores, quando realizada de forma correta, permite com que a empresa tenha o controle de onde, quando e como comprar os materiais necessários. Isso gera maior espaço para negociação de prazos de pagamentos e entrega, valores cobrados, além de evitar com que compras urgentes sejam menos frequentes, tendo em vista que os valores cobrados por esse tipo de fornecimento costumam ser mais elevados.

Porém, para que isso seja possível, é necessário que a empresa possua uma boa gestão de materiais, que permitirá que a equipe de compras tenha maior controle sobre as datas em que deverão realizar os pedidos, permitindo melhor programação. Consequentemente, o planejamento bem executado é uma ótima munição para negociações com fornecedores, gerando previsibilidade, controle e redução de custos.

Uso de tecnologia

O uso de softwares é algo muito importante e colabora para essa gestão. Através do uso de sistemas, é possível ter controle de estoque, da produção, além de facilitar na emissão de ordem de compras. Assim é possível ter a previsibilidade das demandas, bem como o momento ideal para aquisição de insumos. Tudo isso evita o gasto desnecessário e permite maior planejamento.Porém, é necessário que a empresa conheça bem os objetivos do seu negócio, organize seus processos internos, acompanhe os custos e faça o controle constante da avaliação das empresas que atuam junto a ela. .

A Picorelli está há 90 anos no mercado de transporte de cargas e possui uma equipe especializada para a realização de entregas rápidas e urgentes, trabalhando intensamente para que clientes e fornecedores recebam sua carga com agilidade e segurança. Ficou interessado? Faça já uma cotação conosco!

Leia Também


O que é B2B?

As expressões B2B e B2C determinam o tipo de cliente para o qual um produto ou serviço é destinado. No caso do B2B (Business to Business), as transações são feitas entre duas empresas. Ou seja, uma empresa que presta serviço ou vende algo para outra. Já o B2C (Business to Commerce) a venda é feita para o consumidor final, tendo como objetivo apenas o consumo. 

Para o modelo B2B pode-se definir como um negócio de empresa para empresa, em que uma é o fornecedor e a outra é o cliente. O principal fator que difere o que é B2B do modelo B2C está justamente no tipo de cliente que adquire o produto ou serviço. A escolha entre B2B ou B2C é de extrema importância, pois determina ainda quais serão as estratégias adotadas para estabelecer um relacionamento com os clientes e aumentar as vendas. 

Quando se trata do transporte, podemos encontrar algumas diferenças para as empresas que trabalham com um tipo de modelo ou com o outro. 

  • Os transportes em B2B geralmente ocorrem levando-se em consideração um certo nível de “urgência” para atendimento aos clientes. Isto ocorre devido a possibilidade da entrega do pedido dentro do prazo ser um requisito para que a produção do cliente não seja interrompida por falta de materiais. A modalidade business to business possui uma tendência para pedidos maiores no formato de lotação. Porém, entende-se também que o transporte de cargas fracionadas para o B2B possa ser uma modalidade interessante para que as empresas facilitem os processos de entregas, ainda mais com cargas que não ocupam todo espaço do veículo. Isso facilitará o sistema de distribuição de suas mercadorias de modo a reduzir os seus respectivos custos e mantendo-se toda a qualidade e segurança necessária. Vale lembrar que uma das mais relevantes vantagens do transporte de cargas fracionadas refere-se aos custos dos fretes nessa modalidade, que por sua vez, costumam ser mais em conta dado que os mesmos são divididos entre os clientes que estão sendo atendidos, diminuindo assim, os custos das operações.
  • Os transportes em B2C trabalham, na maioria das vezes, com cargas de pequeno porte e em maior número. Este fato torna possível o aproveitamento da melhor forma a capacidade da frota, destinando mais de um veículo para a realização das entregas. Dessa forma, os fretes podem ser diferenciados em fracionados ou enquadrados na modalidade lotação, ambos buscando a forma mais eficaz para a otimização da operação. 

Devido a estas diferenças, não podemos definir um modelo de transporte “único” que seja o ideal para cada um destes dois tipos de atendimento. No caso dos modelos B2B, em cada tipo de negócio existem particularidades relacionadas ao tipo de produto, atendimento, demanda, especificações técnicas e necessidade de reposição que deverão ser levados em consideração no momento da opção do tipo de transporte. Por sua vez, o modelo B2C, apesar de ter uma tendência para atuação com modelos de transportes fracionados, também poderá optar por transportes via lotação de acordo com as especificações do transporte a ser realizado.

A Picorelli Transportes possui foco no atendimento ao mercado B2B. Se sua empresa precisa de prazo e comprometimento, veja nossas cidades atendidas pelo nosso site e entre em contato! 

Fonte:

BSOFT, Confira o que é o modelo de distribuição B2B e suas especificações; Disponível em: https://bsoft.com.br/blog/distribuicao-b2b/Acesso em 02 de maio de 2021



2021 Picorelli Transportes. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a autorização escrita da Picorelli Transportes.