Transportes de Cargas: Qual o caminho do seu produto?

09/ 03/ 2021

O transporte de mercadorias é algo que faz parte do dia-a-dia das empresas, desde insumos, até produtos acabados. Porém, você sabe qual o caminho sua carga a percorre a partir do momento em que ela está na transportadora? Neste blog, iremos esclarecer as principais dúvidas que surgem quando é necessário contratar as transportadoras.

Quero transportar uma mercadoria. O que devo fazer?

Embalar a mercadoria de forma adequada

Antes de enviar sua mercadoria para uma transportadora, é importante que ela esteja embalada de forma adequada para o transporte. O uso de caixas de papelão de boa qualidade, caixotes de madeira, dentre outros, são importantes para aumentar a segurança e evitar danos durante o trajeto.

Cotação e agendamento de coleta

Após acondicionar a mercadoria da melhor forma, é hora de entrar em contato com a transportadora para realizar a cotação, que é a etapa onde o valor do frete será negociado, caso você não tenha cadastro e tabela combinada. Para isso, é necessário ter em mãos as seguintes informações:

  • CEP origem e CEP destino;
  • CNPJ pagador do frete e ficha cadastral completa do mesmo;
  • CNPJ do destinatário;
  • Peso e características do material;
  • Quantidade de volumes e respectivas dimensões;
  • Valor da NF;

Feito isso, é hora de agendar a coleta. Nesta etapa, a transportadora irá programar, conforme disponibilidade da rota, para que um veículo vá até ao local de coleta informado e possa iniciar o processo de transporte. É muito importante ressaltar que a mercadoria deverá estar pronta, sempre acompanhada da sua respectiva nota fiscal – que deverá constar na mesma o CNPJ da transportadora.  

Se sua empresa já tiver uma tabela negociada, você pode agendar a coleta diretamente pelo nosso site.

A transportadora coletou minha carga. E agora? Por quais etapas ela passa até chegar no destino final?

Podemos definir os processos de uma transportadora de cargas fracionadas, de forma geral, em três principais etapas: coleta, transferência e entrega.

As transportadoras de cargas fracionadas costumam utilizar caminhões e veículos leves para a realização de coletas e entregas de mercadorias. Normalmente, os veículos são distribuídos por rotas, ou seja, cada grupo de veículos é responsável por atender determinadas regiões, onde efetuam as entregas e coletas.

Os veículos retornam para o armazém, local onde os materiais serão descarregados, juntamente com coletas de diferentes clientes, para diversos destinos. Eis que é iniciado o processo de separação e consolidação da carga. Nesta etapa, as mercadorias são etiquetadas e separadas de acordo com o seu destino final.

Após a separação e consolidação das cargas que irão viajar para o mesmo local, é iniciado o carregamento do veículo de transferência. Normalmente é realizado por veículos de grande porte, com alta capacidade de carga. Durante o carregamento, as mercadorias são separadas, conforme compatibilidade de cada tipo de produto e cuidadosamente arrumadas dentro do caminhão, para que os diferentes tipos de cargas sejam alocados de maneira adequada para a viagem, cuidando sempre para preservar a sua integridade, bem como distribuindo o peso por todo o veículo para que ele possa realizar uma viagem segura. 

Ao chegar no armazém da cidade de destino, as mercadorias são descarregadas e separadas de acordo com a sua região de entrega. A partir deste momento, ela estará disponível para entrar na programação de entrega da transportadora, sendo carregada no veículo designado para atendimento da região, onde realizará entregas e coletas, iniciando um novo ciclo a cada dia!

O transporte é algo dinâmico e varia de acordo com cada transportadora. Em alguns casos, dependendo da origem e do destino da mercadoria, poderá passar por mais de uma etapa de transferência. Normalmente isso ocorre em regiões onde o volume de carga é menor, sendo mais comum em cidades do interior. Nestes casos, as transportadoras possuem unidades menores, onde consolidam a carga da região e as enviam para as unidades centralizadoras, as quais possuem rotas de transferências para diversos centros, tornando possível a logística e distribuição em diversas cidades, desde os grandes centros até as menores cidades.

Através do nosso sistema online, você poderá acompanhar as etapas de onde sua carga se encontra e fazer uma melhor programação para sua empresa.

A Picorelli Transportes atende mais de 1500 cidades, distribuídas entre os estados de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. Nossa equipe é especializada no transporte de cargas fracionadas, urgentes e lotação, prezando pelo serviço ágil, seguro e de qualidade. 

Ficou interessado? Solicite já a cotação e venha fazer parte da história da transportadora mais antiga ainda em funcionamento do Brasil!

Leia Também


O que é B2B?

As expressões B2B e B2C determinam o tipo de cliente para o qual um produto ou serviço é destinado. No caso do B2B (Business to Business), as transações são feitas entre duas empresas. Ou seja, uma empresa que presta serviço ou vende algo para outra. Já o B2C (Business to Commerce) a venda é feita para o consumidor final, tendo como objetivo apenas o consumo. 

Para o modelo B2B pode-se definir como um negócio de empresa para empresa, em que uma é o fornecedor e a outra é o cliente. O principal fator que difere o que é B2B do modelo B2C está justamente no tipo de cliente que adquire o produto ou serviço. A escolha entre B2B ou B2C é de extrema importância, pois determina ainda quais serão as estratégias adotadas para estabelecer um relacionamento com os clientes e aumentar as vendas. 

Quando se trata do transporte, podemos encontrar algumas diferenças para as empresas que trabalham com um tipo de modelo ou com o outro. 

  • Os transportes em B2B geralmente ocorrem levando-se em consideração um certo nível de “urgência” para atendimento aos clientes. Isto ocorre devido a possibilidade da entrega do pedido dentro do prazo ser um requisito para que a produção do cliente não seja interrompida por falta de materiais. A modalidade business to business possui uma tendência para pedidos maiores no formato de lotação. Porém, entende-se também que o transporte de cargas fracionadas para o B2B possa ser uma modalidade interessante para que as empresas facilitem os processos de entregas, ainda mais com cargas que não ocupam todo espaço do veículo. Isso facilitará o sistema de distribuição de suas mercadorias de modo a reduzir os seus respectivos custos e mantendo-se toda a qualidade e segurança necessária. Vale lembrar que uma das mais relevantes vantagens do transporte de cargas fracionadas refere-se aos custos dos fretes nessa modalidade, que por sua vez, costumam ser mais em conta dado que os mesmos são divididos entre os clientes que estão sendo atendidos, diminuindo assim, os custos das operações.
  • Os transportes em B2C trabalham, na maioria das vezes, com cargas de pequeno porte e em maior número. Este fato torna possível o aproveitamento da melhor forma a capacidade da frota, destinando mais de um veículo para a realização das entregas. Dessa forma, os fretes podem ser diferenciados em fracionados ou enquadrados na modalidade lotação, ambos buscando a forma mais eficaz para a otimização da operação. 

Devido a estas diferenças, não podemos definir um modelo de transporte “único” que seja o ideal para cada um destes dois tipos de atendimento. No caso dos modelos B2B, em cada tipo de negócio existem particularidades relacionadas ao tipo de produto, atendimento, demanda, especificações técnicas e necessidade de reposição que deverão ser levados em consideração no momento da opção do tipo de transporte. Por sua vez, o modelo B2C, apesar de ter uma tendência para atuação com modelos de transportes fracionados, também poderá optar por transportes via lotação de acordo com as especificações do transporte a ser realizado.

A Picorelli Transportes possui foco no atendimento ao mercado B2B. Se sua empresa precisa de prazo e comprometimento, veja nossas cidades atendidas pelo nosso site e entre em contato! 

Fonte:

BSOFT, Confira o que é o modelo de distribuição B2B e suas especificações; Disponível em: https://bsoft.com.br/blog/distribuicao-b2b/Acesso em 02 de maio de 2021



2021 Picorelli Transportes. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a autorização escrita da Picorelli Transportes.